quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Alma de retalhos a sua. 
Feita de farrapos alheios, 
pois não suportava mais
se olhar no espelho,
alma mirrada. 
Perece. Só. 
Mesmo junto. 

Só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: