segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

A porta bateu, mas era o vento

Vende-se remédio contra bom humor. Está terminantemente proibido dizer bom dia - principalmente em redes sociais. Porém, reclame a gosto. Acredite em mim, eu sei o que estou falando. Deixe um bilhete agradecendo o senhor que vem montar sua cama e o assista amassar o papel e jogar num canto. Olhe pro chão enquanto anda. É bem melhor que sua cara de tacho após seu sorriso não ser correspondido. Não se apresente pro novo vizinho, ou ele vai achar que você está flertando com ele. Nos dopamos de antipatia. A simpatia, essa que o profeta Lenine disse que era quase amor, essa coisa de querer o bem do outro, de espantar fora a nuvenzinha de chuva da cabeça de alguém, dar um quentinho no coração dela, isso só se compra por contrabando. Não fale com estranhos. Os ônibus entraram em greve, e alguns carros passavam gritando "estou indo pra tal lugar, quer carona?" e batiam se os cambitos em direção ao carro de portas arreganhadas. Não ofereça um lenço pra quem está chorando. Não ceda seu lugar no ônibus. Não, não e não. Tinha uma moça constrangida no caixa do supermercado, segurando a fila enquanto contava suas moedas. Depois de muito custo disse que não ia levar nada aquela hora. Um discreto senhor que estava atrás gritou "és filha dessa terra como eu e, hoje, quem paga a conta é seu irmão". Não acredite em nada que eu estou falando, por favor, tenha fé nas pessoas, escute meu conselho, por favor, acredite em mim, tenha fé, antes que o vento toque longe esse grão de mostarda. Não gosto de falar de manhã, não, não é confundem com mau-humor matutino, mas é só que, estou pensando no que sonhei, matutando tudo, ruminando, é o que eu preciso pra me dar um bom dia. Hoje sonhei que alguém me fazia cócegas, acordei com os berros de uma criança gritenta. Eu queria ralhar com ela, mas no meu sonho alguém me fez cócegas.

Desista das coisas certas. Desista de ralhar. Insista. Inspire.

3 comentários:

  1. Fantástico...
    A nossa fé nas pessoas e que nos terna melhor....

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente encantador! parabéns.
    Quero permanecer cultivando meu grão de mostarda! Deus nos ajude!

    ResponderExcluir

Deixe seu blah blah blah aqui: