terça-feira, 20 de setembro de 2011

a&a


E se eu disser que tenho um lugar na sombra preparado?
Não vai me agradecer? Não vai nem vir me ver?
Se eu disser que tinha um sol esperando pra chover?
Não vai pagar pra ver? Não vai surpreender?
Depois de tantos inconvenientes planejados percebi o tempo que o tempo leva pra me escrever
Oh, sim, ele me escreveu, foram tantos versos azuis e amarelos, tipo o céu, tipo o céu..
Tinha alegria brilhando feito amanhecer, ele colocava a tristeza pra dormir e vinha logo me sorrir.
Tinha sim, oh, tinha gente pra abraçar e afago pra dar e sobrar.
E se a gente se cansar eu coloco o colchão no quintal, peço o sol pra se deitar e daí tem muita estrela pra contar.
Ah, tem muita estrela sim, dá pra montar até um espetáculo na Broadway do céu.

E mãos pra atar em um ato na terra.

2 comentários:

Deixe seu blah blah blah aqui: