segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Sonhou que se embebedava e acordou de ressaca. Perdeu a hora. Chegou atrasada.  Mau humorada. Não foi trabalhar. Decidiu por naquele dia nem estudar. Foi pra padaria de pijama, chinelo e meia. Voltou, e ao fazer café errou a mão e colocou muito açucar. Resmungou algo inteligível. Derrubou a xícara de porcelana que quebrou. A campainha tocou.

-era ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: