sábado, 28 de agosto de 2010

oh Céus,


tenho te vasculhado dia e noite em busca de um vestígio de chuva que seja;
tenho dormido ao léu, cansada, de tanto olhar pra cima esperando que alguma nuvem tampe as estrelas;
não que elas não sejam dignas.. mas elas também estão cansadas de me ver todos os dias.

preciso de chuva, de muita chuva, de quantidade abundante de chuva,
para lavar tudo isso que está aqui juntando poeira.

chuva pra me enxarcar e eu chegar perto de você pingando e você perguntar se eu quero que você me torça.
daí você me torce e eu torço e torcemos até fazer nós.

-nós.

3 comentários:

Deixe seu blah blah blah aqui: