terça-feira, 29 de junho de 2010

vaidade.

Dei tanto de mim naquela história, pra só agora ver claramente que eu só corri atrás do vento.

5 comentários:

  1. "E olhei eu para todas as obras que fizeram as minhas mãos, como também para o trabalho que eu, trabalhando, tinha feito, e eis que tudo era vaidade e aflição de espírito, e que proveito nenhum havia debaixo do sol." Eclesiastes 2:11

    Agora, já não é mais correr atrás do vento...
    E sim ser levado por Ele... pelo vento do Espírito...

    ResponderExcluir
  2. Lindo, e eu só tenho a concordar ^^

    ResponderExcluir
  3. Lindo, e eu só tenho a concordar ^^ [2]

    ResponderExcluir

Deixe seu blah blah blah aqui: