quarta-feira, 14 de abril de 2010

por trás do meu espelho.


Semana passada descobri um mundo atrás do meu espelho.
Descobri pessoas e medos, amores e erros.
Eu estava  procurando Deus, mas achei expressões e graças que nunca mereci, que nunca ao menos pedi.
Achei um caderno repleto de dias meus, dos melhores dias que vivi, dos melhores sorrisos que provoquei, graças de dias que amanheci sem mesmo pedir.
Achei fotos das mãos que me ajudaram, de pessoas que nunca cantaram em corais e que nunca leram a biblia por completo, mas que foram a expressão perfeita de um cuidado celestial.
Achei todos os papéis de presentes que recebi, presentes que nunca pedi, que nunca mereci, presentes enormes.
Achei todos os meus sorrisos e nunca me perguntei porque... Por que?
Achei o meu diário de pequena garota, achei todos os meus medos, todas as minhas minhas noites que pareciam mais escuras que o normal, e achei também a paz que me fazia adormecer.
Achei meu olhar, meus sonhos e vontades, achei alguém, achei uma historia, uma linda historia, achei uma escada e lembranças de um amor perfeito, eu estava procurando Deus quando achei o nosso amor, a nossa historia.
Senti Deus nas páginas do meu diário, nos meus desenhos e nas minhas palavras, senti Deus nos menores detalhes. Inimaginável, porém verdadeiro.
Encontrei um mundo atrás do meu espelho, encontrei Deus nos menores traços de meu rosto, reinando em meus sorrisos, tanto quanto em minhas lágrimas. 
Encontrei Deus nas menores das menores expressões, segredo da imensidão...

-semana passada descobri um mundo atrás do meu espelho.

{por Alessandra Pio}

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: