sexta-feira, 12 de março de 2010

desventura.


Talvez fosse só o calor insuportável;
a falta de umidade no ar;
e o sol de 13:00 horas de um dia sem nuvens.

Talvez fosse isso o que tentou roubar a luz dos olhos, e o ar dos meus pulmões.

Ou talvez fossem os pontos daquele corte profundo, que tinham sido refeitos recentemente, e incomodavam tanto. É, incomodava. Incomodava e cuspia medo em meus ossos e eu tremi de frio...

Me apoiei em algo sólido, e alguém naquela loja - aquela, bem ali na frente - ligou o rádio.

Era Beatles, sim, aquela mesma música...
E já não era um Beatles ou qualquer outro Zé ninguém que cantava.
-era a voz dele.

Um comentário:

  1. Estou sempre aki!*-* hehe
    perfeito o que vc postou Deb!'-'

    ResponderExcluir

Deixe seu blah blah blah aqui: