sábado, 13 de fevereiro de 2010

a fazedora de arco-iris.

De repente eu tinha 7 anos e fazia uma chuva.
Vigiando pra que ninguém visse.
Soltava a mangueira e corria pra tocar cada cor do arco-íris que eu mesma formava.
Eu lavava a mim ao invés do que devia.
E Deus, como era bom.
Como é bom.

-droga, eu sempre me empolgava e molhava a casa do vizinho e ele me caguetava.

De repente eu tinha meus 20 anos e voltava aos afazeres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: