segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

é de lágrima

Eu tentei não chorar.
eu tentei. mas uma cachoeira brotou daqui de dentro. no começo ela escorria só por dentro.. mas depois não suportou. era como uma represa que já não suporta tanto choro. e então botei pra fora. sozinha. eu e Deus.
lutando contra o sentimento de culpa. culpa de não-sei-o-que. pode ser carência. mas, ah, como eu queria um abraço apertado em silêncio. como eu queria ter as respostas.

Um comentário:

  1. as vezes nosso interior não consegue comportar tamanho volume de lágrimas, q elas acabam transbordando, e escorrendo pelos olhos...

    Lindo seu texto!

    ResponderExcluir

Deixe seu blah blah blah aqui: