terça-feira, 26 de janeiro de 2010

as suas cores



a verdade é que, nessas situações ela sabia exatamente como proceder. sabia usar com exito todo o ar de altivez que aprendera com especialistas. sabia ser intocável. e também sabia permitir que lhe tocassem. a verdade é que, nessas situações seus olhos faziam toda a diferença. eles passavam de um castanho claro, de quase mel, para um negro breu. o díficil era sair do próprio breu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: