sábado, 23 de janeiro de 2010


Sua dependencia de mim me sufoca.
Já nao sou esse que você diz que sou.
-muda se a trilha sonora-
Não é que você nunca tenha me conhecido.
É que você nunca parou pra escutar quem eu sou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: