sábado, 23 de janeiro de 2010

sol.


Ele era quase cego, e morava no oco de uma grande árvore.
Não sei bem o por quê, mas ele não gostava de sol.
Seu objetivo era acabar com o sol, mesmo que tivesse que o comer inteiro. sozinho.

Todos os dias pedia a ela que lhe trouxesse um pedaço do sol. para que ele o comesse.
Ela o trazia um pedaço de mamão.
E ele completava sua missão diária.

E agora me responda: O que é o seu pedaço de mamão?
O que tem suprido suas necessidades diárias falsamente?
Bebida?
Cigarro?
Sexo?
Drogas?
Rock'n Roll?

Você é quase cego.. e mora no oco de uma grande árvore...
Não sei bem o por quê, mas você não parece gostar muito do sol...
Seu objetivo era acabar com o sol, mesmo que tivesse que o comer inteiro. sozinho.

E então alguém veio e lhe disse que 'tudo o que não é eterno, é eternamente inútil'.*


*c.s.lewis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: