sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

robô.

é fácil dizer que não tenho sentimentos.
não é bem assim.
eu sinto tudo. intensamente. com cada célula.
só não deixo transparecer.
a verdade é que quando quero demonstrar é raro.
prefiro sentir cada emoção intensamente ao invés de perdê-la em forma de efusismo.
prefiro sentir sozinha, nem pensar, só sentir.
sem dar nomes.
talvez datas.

que eu sei que esqueço depois...

mas no momento prefiro só sentir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: