terça-feira, 26 de janeiro de 2010

raios e trovões

como ela ficara de pé durante toda aquela tempestade em cima daquele mísero barquinho eu nunca soube ao certo. só ouvi boatos. nada vindo diretamente dela. o fato era que aprendera tão bem esse ofício que agora ajudava os outros a se manterem. já não era qualquer chuva que a molhava. e também previa tempestades.
-bom, na verdade eu sei como ela ficara de pé aquele tempo todo: o Dono da tempestade estava com ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: