terça-feira, 26 de janeiro de 2010

os fugitivos

esperemos então. por fim eu sempre espero por você. são as raras as vezes que o contrário acontece, e sempre que acontece vem acompanhado de uma desculpa tola. fugiremos então. por fim sempre quis ouvir isso. são poucos os olhares trocados no inicio de uma fuga. e será o mesmo conosco. daremos o luxo de pegar atalhos então. por fim eu escolho o destino e a trilha sonora. são todos os que precisam disso, digo, de trilha sonora. cheguemos então sem fazer barulho. por fim todos ficam em silencio mesmo. são sempre criticados os que criticam. e eu continuo esperando por algo mais. voltaremos então. por fim ninguém notou a ausência. são tão preocupados com tudo isso. e às vezes quem se preocupa de mais sou eu, me preocupo tanto em fechar a geladeira que esqueço do que deixei lá dentro. pode parecer não ter sentido mas tem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: