sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

o parque fica aberto até as 20horas.

Quer saber meu medo? - ela diz enquanto olha pra maçã do amor que ainda não mordeu.
Meu medo é nunca te achar.
estar tão ocupada fugindo de piratas
-e esquecer de deixar pistas pra você.

Meu medo é nunca te tocar - ele pega a maçã da sua mão.
de estar tão distraída com um espelho
-e não perceber como são suas cores de perto.

Meu medo é nunca te ver - ele dá a maçã do amor pra uma criança descalça.
de ficar tão facinada, tirando foto de paisagens estranhas
-e nunca entrar com você naquela cabine de fotos.

Meu medo é nunca te ouvir - me olha de frente.
de você insistir em irmos praquelo show barulhento
-e eu não notar as falhas do seu sotaque.

Meu medo é que não goste das idiotices que eu falo e escrevo pra você. - me abraça eternamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: