sábado, 23 de janeiro de 2010

ligth.

As luzes da TV ligada de madrugada;
no canal que mostra o clima;
me acordam dizendo pra eu parar de sonhar com você.

As luzes da cidade vista de cima;
a lembrança inexistente do futuro;
da paisagem que um dia quis ver com você.

As luzes de neon que gritavam seu nome;
na imaginária rua secreta;
agora se esforçam pra me fazer esquecer de você.

-hoje quando eu for dormir vou apagar todas as luzes para nao pensar em.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu blah blah blah aqui: